Rondônia, 16 de dezembro de 2017

Vereador questiona antecipação da eleição para escolha do novo presidente da Câmara

Correspondente de Cacoal – Com um discurso firme, de quem realmente tem agido com responsabilidade e compromisso com todos os moradores de Cacoal, independentemente dos votos obtidos na última eleição municipal de 2016, o vereador Paulinho do Cinema (PP-RO), atual presidente da Casa de Leis, iniciou sua fala na Tribuna, na noite desta segunda-feira, 04, questionando os motivos que levaram a antecipação da eleição para escolha do novo presidente da Câmara Municipal da Capital do Café.

Isso mesmo, o edil quis saber dos demais colegas porque, no final do primeiro ano do mandato presidido por ele, resolveram fazer uma nova eleição para eleger o próximo presidente para o biênio 2019/2020. Bastante sensato em suas colações, Paulinho do Cinema disse que tinha feito uma série de anotações para falar durante o seu discurso, porém preferiu deixar de lado por ter vergonha de algumas coisas que acontecem.

Paulinho do Cinema, que também é empresário em Cacoal, fez questão de afirmar ao público presente que trabalha com seriedade e que é detentor do seu mandato. “Sinceramente gostaria de saber qual o interesse de alguns empresários na eleição dessa nova presidência, pois acompanhei a movimentação nos últimos dias e fiquei surpreso como os candidatos eram cercados. Gente é preciso levar as coisas a sério”, desabafou.

O atual presidente disse ainda que existem alguns erros grotescos na Câmara Municipal de Cacoal que precisam ser corrigidos, como por exemplo, quando disseram que a eleição da nova mesa diretora teria que ser com um ano de antecedência. “Sinceramente os nobres colegas, autores dessa frase, deveriam parar de brincar de ser vereador. A eleição de presidente tem que ser no final do segundo ano, caso queiram levar essa Casa de Leis com seriedade”, concluiu.

Fonte: Jornal Correio de Rondônia

Publicidade

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Publicidade

Previsão do Tempo

Publicidade

Últimas Notícias