×

Dr. Luiz Paulo enaltece ações do projeto Jovem Aprendiz em Ariquemes/RO

O projeto social leva oportunidade de primeiro emprego.

Dr. Luiz Paulo enaltece ações do projeto Jovem Aprendiz em Ariquemes/RO

Dr. Luiz Paulo na sede do Projeto Jovem Aprendiz.

Um projeto social voltado para o futuro, que há mais de 30 anos atua na colocação de jovens no mercado de trabalho, como aprendizes. A iniciativa é de voluntários da cidade de Ariquemes/RO e traz, ao longo desse tempo, resultados que vão além dos números, pois, como ressalta o secretário-geral dos Progressistas, advogado Luiz Paulo Batista, o projeto é um exemplo para toda a sociedade, pois cuida daquilo que temos de mais essencial para o futuro da comunidade, que são os jovens, ainda sedentos de atenção e políticas públicas voltadas à profissionalização.

Na última quinta-feira, 15/7, Dr. Luiz Paulo foi recebido pela coordenadora do projeto Jovem Aprendiz, Alessandra Cristiane Ayres. Ela apresentou a história e os propósitos do Grupo, e seus 32 anos dedicados à capacitação, acolhimento e atenção para os adolescentes, inclusive alguns que são vítimas de abusos e estão em vulnerabilidade social. “Aqui nós temos atendimento psicológico e a atenção é constante”, reforça a coordenadora, que é voluntária da Organização Não-Governamental Grupo de Voluntários de Ariquemes e Região, que atende a cerca de 1.000 jovens. “É um projeto extraordinário, que mostra para todos nós como as pessoas podem cuidar das pessoas a partir da voluntariedade e da boa vontade para com o próximo”, destacou o advogado e dirigente partidário, que vê, em iniciativas como essa, uma oportunidade para reflexão sobre a importância da juventude. Filho de professor e defensor da Educação, ele se identificou com o projeto e comemorou a disposição dos voluntários e apoiadores.

Dr. Luiz Paulo afirma que a atuação do Grupo de Voluntários do Projeto Jovem Aprendiz é uma ação eficaz para que os adolescentes não sejam cooptados pela criminalidade ou mesmo fiquem à mercê do abandono ou desabrigo, que podem custar o futuro dessas pessoas. Como recorda a coordenadora, o projeto começou em 1989, por iniciativa da sócia-fundadora Maria Cristina Ayres e um grupo de amigos. Apesar da diversidade de atendimentos, como a famílias, crianças e mulheres com dependência química, a vocação do projeto já estava clara desde o começo, pois, ainda em 1990, o primeiro jovem aprendiz foi encaminhado para a Caixa Econômica Federal e eles não pararam mais de transformar a vida dos jovens da região.

continua após a Publicidade

Exemplo nacional

Mas foi apenas no ano 2000, que o Grupo de Voluntários de Ariquemes e Região decidiu voltar-se exclusivamente para inserção do jovem no mercado de trabalho. Decisão que rendeu frutos e reconhecimento, com a premiação, em 2017, pela Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal como a melhor iniciativa de toda a região Norte do país: “Política pública inovadora para a juventude”.

Por meio dessa parceria com a Prefeitura de Ariquemes, que foi o motivo da premiação nacional, a ONG desenvolve o projeto Jovem Aprendiz na Administração Pública, por meio do qual cerca de 30 jovens trabalham hoje como aprendizes em órgãos públicos, como a Câmara de Vereadores, escolas e secretarias. “Nosso público são jovens de 14 a 24 anos. Nós os recebemos no projeto, ofertamos preparação, com oficinas de qualificação e nos cursos feitos por nós mesmos ou por parceiros”, destaca Alessandra, que mantém junto ao Senai, Senac, Instituto Federal de Rondônia, parcerias para ampliar o leque de possibilidades de formação para os jovens do projeto.

Referência regional

E não para por aí. Dr. Luiz Paulo se encantou com a atenção e o cuidado que os jovens recebem. “Eu já atuei no Juizado da Infância e Juventude e sei da importância dessa atenção, pois o Estado ainda é muito falho nesse quesito e a atuação da sociedade civil é essencial para vencermos as barreiras que dificultam a entrada do jovem no mercado de trabalho”, contou. Além da formação profissional e atendimento psicológico, os jovens também têm atenção médica e odontológica, além do acompanhamento social, com a distribuição de cestas básicas às famílias dos assistidos.

Além dos jovens que estão como aprendizes no serviço público municipal, o projeto funciona como uma referência de formação e capacitação para os empresários de Ariquemes, que muitas recorrem ao banco de talentos do Jovem Aprendiz para dar oportunidade de emprego para jovens acima de 18 anos. “Isso demonstra a credibilidade do trabalho do Grupo de Voluntários”, enfatiza Luiz Paulo.

Ver comentários

Continue Lendo...

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Evento online conta com músicos, dançarinos, atores e outros artistas na programação.

Leia Mais
Jovem leva mais de 2 mil ferroadas de abelhas ao ser atacado em Ariquemes

A vítima chegou em estado grave na unidade de saúde e foi entubada.

Leia Mais
Ônibus com 43 alunos sai da estrada e quase cai dentro de 'brejo'

Acidente foi na Linha 617 em Jaru. Problemas mecânicos podem ter causado o acidente.

Leia Mais
Teatro de Ariquemes entra em fase final de execução das obras

Além de enriquecer e transformar a vida das pessoas, a cultura proporciona lazer e qualidade de vida à sociedade. Desde 2006, Ariquemes aguarda o tão esperado teatro da cidade para receber eventos culturais e, neste…

Leia Mais
Fórum de Ariquemes/RO será inaugurado no próximo dia 26

Acessibilidade e conforto na nova sede do Judiciário.

Leia Mais