×

Dr. Luiz Paulo enaltece ações do projeto Jovem Aprendiz em Ariquemes/RO

O projeto social leva oportunidade de primeiro emprego.

Dr. Luiz Paulo enaltece ações do projeto Jovem Aprendiz em Ariquemes/RO

Dr. Luiz Paulo na sede do Projeto Jovem Aprendiz.

Um projeto social voltado para o futuro, que há mais de 30 anos atua na colocação de jovens no mercado de trabalho, como aprendizes. A iniciativa é de voluntários da cidade de Ariquemes/RO e traz, ao longo desse tempo, resultados que vão além dos números, pois, como ressalta o secretário-geral dos Progressistas, advogado Luiz Paulo Batista, o projeto é um exemplo para toda a sociedade, pois cuida daquilo que temos de mais essencial para o futuro da comunidade, que são os jovens, ainda sedentos de atenção e políticas públicas voltadas à profissionalização.

Na última quinta-feira, 15/7, Dr. Luiz Paulo foi recebido pela coordenadora do projeto Jovem Aprendiz, Alessandra Cristiane Ayres. Ela apresentou a história e os propósitos do Grupo, e seus 32 anos dedicados à capacitação, acolhimento e atenção para os adolescentes, inclusive alguns que são vítimas de abusos e estão em vulnerabilidade social. “Aqui nós temos atendimento psicológico e a atenção é constante”, reforça a coordenadora, que é voluntária da Organização Não-Governamental Grupo de Voluntários de Ariquemes e Região, que atende a cerca de 1.000 jovens. “É um projeto extraordinário, que mostra para todos nós como as pessoas podem cuidar das pessoas a partir da voluntariedade e da boa vontade para com o próximo”, destacou o advogado e dirigente partidário, que vê, em iniciativas como essa, uma oportunidade para reflexão sobre a importância da juventude. Filho de professor e defensor da Educação, ele se identificou com o projeto e comemorou a disposição dos voluntários e apoiadores.

Dr. Luiz Paulo afirma que a atuação do Grupo de Voluntários do Projeto Jovem Aprendiz é uma ação eficaz para que os adolescentes não sejam cooptados pela criminalidade ou mesmo fiquem à mercê do abandono ou desabrigo, que podem custar o futuro dessas pessoas. Como recorda a coordenadora, o projeto começou em 1989, por iniciativa da sócia-fundadora Maria Cristina Ayres e um grupo de amigos. Apesar da diversidade de atendimentos, como a famílias, crianças e mulheres com dependência química, a vocação do projeto já estava clara desde o começo, pois, ainda em 1990, o primeiro jovem aprendiz foi encaminhado para a Caixa Econômica Federal e eles não pararam mais de transformar a vida dos jovens da região.

continua após a Publicidade

Exemplo nacional

Mas foi apenas no ano 2000, que o Grupo de Voluntários de Ariquemes e Região decidiu voltar-se exclusivamente para inserção do jovem no mercado de trabalho. Decisão que rendeu frutos e reconhecimento, com a premiação, em 2017, pela Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal como a melhor iniciativa de toda a região Norte do país: “Política pública inovadora para a juventude”.

Por meio dessa parceria com a Prefeitura de Ariquemes, que foi o motivo da premiação nacional, a ONG desenvolve o projeto Jovem Aprendiz na Administração Pública, por meio do qual cerca de 30 jovens trabalham hoje como aprendizes em órgãos públicos, como a Câmara de Vereadores, escolas e secretarias. “Nosso público são jovens de 14 a 24 anos. Nós os recebemos no projeto, ofertamos preparação, com oficinas de qualificação e nos cursos feitos por nós mesmos ou por parceiros”, destaca Alessandra, que mantém junto ao Senai, Senac, Instituto Federal de Rondônia, parcerias para ampliar o leque de possibilidades de formação para os jovens do projeto.

Referência regional

E não para por aí. Dr. Luiz Paulo se encantou com a atenção e o cuidado que os jovens recebem. “Eu já atuei no Juizado da Infância e Juventude e sei da importância dessa atenção, pois o Estado ainda é muito falho nesse quesito e a atuação da sociedade civil é essencial para vencermos as barreiras que dificultam a entrada do jovem no mercado de trabalho”, contou. Além da formação profissional e atendimento psicológico, os jovens também têm atenção médica e odontológica, além do acompanhamento social, com a distribuição de cestas básicas às famílias dos assistidos.

Além dos jovens que estão como aprendizes no serviço público municipal, o projeto funciona como uma referência de formação e capacitação para os empresários de Ariquemes, que muitas recorrem ao banco de talentos do Jovem Aprendiz para dar oportunidade de emprego para jovens acima de 18 anos. “Isso demonstra a credibilidade do trabalho do Grupo de Voluntários”, enfatiza Luiz Paulo.

Ver comentários

Continue Lendo...

Em sete meses, mais de 600 casos de violência contra a mulher são registrados em Ariquemes

Denúncias podem ser feitas pelos contatos 190 da Polícia Militar, 197 da Polícia Civil e 180 da Central de Atendimento à Mulher.

Leia Mais
Auxílio emergencial para famílias atingidas por cheia é criado em Ariquemes

Uma lei sancionada em Ariquemes (RO) criou um auxílio financeiro para as famílias vítimas da enchente do rio Jamari. Serão pagas duas parcelas mensais no valor de um salário mínimo, cerca de R$ 1,2 mil…

Leia Mais
Foto: Ilustrativa/Pixabay

Evento online conta com músicos, dançarinos, atores e outros artistas na programação.

Leia Mais
Jovem leva mais de 2 mil ferroadas de abelhas ao ser atacado em Ariquemes

A vítima chegou em estado grave na unidade de saúde e foi entubada.

Leia Mais
Ônibus com 43 alunos sai da estrada e quase cai dentro de 'brejo'

Acidente foi na Linha 617 em Jaru. Problemas mecânicos podem ter causado o acidente.

Leia Mais