×

Publicidade

Mulher agride marido idoso com cadeira após ter crise de ciúmes, em RO

Confusão ocorreu porque mulher viu mensagem no WhatsApp. Vítima teve corte no braço.

algemada - Mulher agride marido idoso com cadeira após ter crise de ciúmes, em RO - correio de rondôniaUma mulher de 36 anos foi conduzida à delegacia de Vilhena (RO) depois de agredir o marido, de 64 anos, com cadeiradas e cabo de rodo neste último sábado (29). Conforme a Polícia Militar (PM), o idoso foi agredido porque a vítima teve uma crise de ciúmes. A vítima ficou com um corte no braço depois das agressões.

Conforme boletim de ocorrência, por volta de 12h30 a guarnição foi chamada ao endereço do casal, na rua Manaus, Bairro 5° BEC. Os policiais foram recebidos pelo filho do casal, um adolescente de 16 anos, e este contou que a mãe dele estava agredindo o pai dentro do imóvel.

Como a confusão na casa continuava, mesmo com a chegada da polícia, os agentes entraram no e encontraram o casal discutindo na copa.

Continua após a Publicidade

banner equilibrio - Deputado Lúcio Mosquini busca apoio para melhorias na MP da Regularização Fundiária - correio de rondônia

Perguntada por qual motivo estava agredindo o marido com cadeiradas e um cabo de rodo, a mulher contou que o esposo supostamente estava mantendo contato com a vó de um bisneto dele. Ela afirmou que tal conversa seria um caso amoroso, pois viu uma conversa no WhatsApp entre o marido e a vó.

Depois de ver a mensagem, a mulher jogou o celular no chão e passou a agredir o marido com as cadeiras da casa e depois com um cabo de rodo. Ele ficou ferido com um corte no braço.

Aos policiais, o idoso relatou que, por haver uma diferença de idades entre ele e sua esposa – 28 anos a mais que a mulher – a esposa deseja se separar e quer fazer isso sem se sentir culpada.

A mulher e o marido foram levadas até a delegacia, na Unisp, onde foram informados dos seus direitos e apresentados ao comissário de plantão para as devidas providências

Os dois filhos do casal, o adolescente de 16 anos e uma menina de 12 anos, foram deixados na casa de uma vizinha enquanto o marido e mulher ficaram na delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: G1 Vilhena e Cone Sul

Ver comentários