×

Coluna Papo Reto – Ivo Cassol precisa ficar bem atento!!!

coluna pr - Coluna Papo Reto - Ivo Cassol precisa ficar bem atento!!!ARMAÇÃO ILIMITADA

A proximidade do ano de 2018,quando teremos eleições gerais, ao que tudo indica, também pode trazer muitos problemas políticos, em virtude da ambição, do ódio e da necessidade que algumas autoridades têm de destruir eventuais desafetos. Uma fonte de alta patente revelou a esta coluna que está sendo engendrada, em Rondônia, uma armação daquelas que nem Eduardo Cunha teria concebido melhor, antes de ser presidiário. Um poderoso grupo político de Rondônia estaria se organizando para armar uma “operação” em que fosse possível fazer, entre outras coisas, uma “busca e apreensão” em alguma propriedade do senador Ivo Cassol, a ponto de causar um grande estrago em sua popularidade. A ideia partiu do fato de que, sem inventar um fato novo, dificilmente alguém tiraria a vitória de Ivo Cassol na eleição majoritária no próximo ano. Segundo nossa fonte, até mesmo cargos na Corte de Contas chegaram a ser prometidos a quem ajudar montar o esquema. Para que a arapuca tenha um pacote completo e Ivo Cassol seja colocado em uma situação difícil, pelo menos dois membros do Ministério Público teriam sido convidados para fazer parte do pacote, fato que agravaria muito a situação. Tudo teria começado, quando Cassol passou a ser aplaudido em todos os municípios onde anda, gerando o ódio em seus antigos desafetos. A possibilidade de Ivo Cassol vencer incomoda muita gente. O senador precisa ficar bem atento!!

DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

continua após a Publicidade

Poucos dias atrás, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, insinuou que o vazamento de informações sobre processos contra políticos do PMDB e PSDB aconteciam porque o Procurador Geral da República , Rodrigo Janot, permitia. Esta semana, o TSE deixou vazar diversas informações contra a ex-presidente Dilma Rousseff, inclusive o depoimento do dono da Odebrecht. O curioso é que pessoas também deram depoimentos a favor de Dilma, mas o TSE não deixou vazar nada. Quando os vazamentos são ruins para o PSDB ou PMDB, o ministro Gilmar Mendes costuma ficar muito irritado; quando os vazamentos são ruins para o PT ou outros partidos da esquerda, Gilmar Mendes fica caladinho. Essa história de magistrados e membros do Ministério Público dando opiniões sobre política na imprensa talvez seja uma evidência da fragilidade moral de várias instituições, o que é lamentável.

PATO AMARELO

O Movimento Brasil Livre, que organizou diversas manifestações com a finalidade de pedir o afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff, parece não ter forças para fazer novas mobilizações no país. O maior problema é que, após o afastamento de Dilma, constatou-se que o MBL era financiado por políticos e partidos investigados pela Operação Lava Jato, e que atendia interesses partidários. O presidente da FIESP, Paulo Skaff, um dos lideres nacionais do PMDB e amigo do presidente Michel Temer, é acusado pelos delatores da Lava Jato de ter sido beneficiado com 6 milhões da Odebrecht. Paulo Skaff é um dos ídolos do MBL e talvez seja por isso que o movimento até hoje não tenha realizado nenhum ato para exigir também a saída de Michel Temer do cargo. Atualmente muitos brasileiros se dizem arrependidos por terem seguido os movimentos que se vestiram de verde e amarelo para defender interesses do PMDB e do PSDB, partidos igualmente envolvidos com a corrupção.

PRISÃO PARADISÍACA

A mulher de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, presa por participar de uma organização criminosa que praticamente faliu o estado, ganhou um presente da justiça brasileira. A ministra do Superior Tribunal de Justiça, Maria Theresa  de Assis Moura, determinou que a presidiária, que cumpria prisão no presídio de Bangu 8, passasse a cumprir prisão domiciliar. A ministra do STJ argumentou que a ex-primeira-dama do Rio de Janeiro não pode ficar presa porque tem dois filhos pequenos, de 10 e 14 anos, que não podem ficar sem os pais. Assim, Adriana Ancelmo vai ficar presa em um apartamento de luxo no bairro do Leblon, mesmo bairro onde moram outros milionários cariocas. Na mesma decisão, a justiça determinou que a presidiária está proibida de usar celular e internet. Poucos dias atrás, em uma revista simples no presídio de Bangu, dezenas de aparelhos de celulares foram encontrados pelos agentes. Mas a justiça brasileira acredita que Adriana Ancelmo vai ficar presa em um apartamento, sem contato com a internet e sem usar celular. Com relação a visitas, a presidiária poderá receber visita de parentes, advogados e amigos a hora que bem entender. Ajustiça determinou que visitantes deixem o celular na portaria. Isso é Brasil!!!

LAVA JATO

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) foi condenado, nesta quinta-feira, a 15 anos e 04 meses de reclusão, por uma decisão do juiz Sérgio Moro. A condenação do ex-presidente da Câmara dos Deputados é resultado de uma denúncia do Ministério Público Federal e estava no STF desde 2011. Como Cunha perdeu o foro privilegiado, o processo foi encaminhado ao juiz Sérgio Moro, que trata da Operação Lava Jato em primeira instância. Claro que Eduardo Cunha tem direito de recorrer e quando o processo chegar outra ao STF certamente ficará mais uns dez anos na gaveta, enquanto Eduardo Cunha poderá ser eleito novamente. Esta é apenas a primeira condenação de Cunha, mas certamente não será a última, já que ele é citado em diversos outros processos que correm no STF. Se o poderoso Cunha começasse a cumprir a pena hoje, teria 74 anos, quando terminasse sua punição, idade com a qual uma pessoa não possui mais muito vigor físico, mas isso não impede um político de disputar eleição. Entre os atuais senadores, 08 deles já passaram de 75 anos.

CAÇA FANTASMAS

Na semana passada, uma operação realizada pela Polícia Federal e pela Receita Federal no município de Guajará-Mirim causou o fechamento de diversas empresas do município. A operação denominada “Caça Fantasmas” investiga a sonegação e a lavagem de dinheiro e tem como alvo as chamadas empresas de pasta que existem no município e que criam falsas instalações na fronteira para tirar proveito de incentivos fiscais que existem na região. Algumas das empresas investigadas possuem seus endereços em escritórios de contabilidade, em residências e outros lugares onde não há condições de funcionar uma empresa com as especificações das investigadas. Além dos crimes de sonegação e lavagem de dinheiro, outros crimes como falsidade ideológica e organização criminosa podem ter sido cometidos pelos investigados e serão apurados pela operação Caça Fantasmas. As autoridades responsáveis pela investigação avaliam que os valores sonegados são de cerca de 10 milhões de reais por ano.

CAMPANHA EM GUAJARÁ

O município de Guajará-Mirim, aliás, vive momentos de muita turbulência nos últimos anos e isto não ocorre somente por causa de operações policiais. Após a anulação das eleições para prefeito no município, os eleitores irão às urnas no próximo dia 02 de abril para escolher o novo prefeito. Tudo indica que a campanha eleitoral que acontece em Guajará-Mirim será a mais suja de todos os tempos, em virtude do jogo baixo que é praticado pelos dois grupos que disputam a eleição. Para completar, poucos dias atrás foram para o município diversos caciques da velha política de Rondônia, entre eles o vice-governador Daniel Pereira e o ex-prefeito de Porto – Velho, Mauro Nazif. Depois da desastrosa gestão que fez na capital do estado, é difícil acreditar que o eleitor da fronteira vai acreditar nos discursos de Nazif, já que a história política das duas cidades tem muitas semelhanças. Mauro Nazif não tem condições de dizer para nenhum eleitor qual o candidato ideal para resolver os problemas de um município, porque seu mais recente exemplo de administração deixou marcas profundas na memória do eleitor. Uma boa dose de simancol não faz mal a ninguém!

CASA DE FERREIRO

As pessoas que trafegam pela rodovia 471, que liga os municípios de Cacoal e Ministro Andreazza, na região central do estado, estão indignadas com a situação da citada rodovia. A quantidade de buracos é tão grande que o trajeto que era feito em cerca de 30 minutos passou a ser feito em quase uma hora, pelo fato de não ser possível dirigir com regularidade no local. A população de Ministro Andreazza está revoltada com o problema, porque muitas pessoas necessitam utilizar a rodovia 471 para trabalhar ou estudar em Cacoal. Além de criar transtornos com relação ao tempo de duração da viagem, há evidentes riscos de acidentes em que pessoas podem até mesmo perder a vida. Vale ressaltar que o deputado Maurão de Carvalho, que tem reduto eleitoral em Ministro Andreazza, é presidente da Assembleia Legislativa e um dos aliados mais próximos do governador Confúcio Moura. O deputado governista tem sido muito criticado pela população do seu município, mas até hoje não apresentou uma solução para os problemas.

CONFÚCIO E A TERCEIRIZAÇÃO

O governador Confúcio Moura publicou recentemente uma opinião em seu perfil nas redes sociais, fazendo muitos elogios aos deputados federais por terem aprovado o projeto de Terceirização de serviços que tramitava na Câmara dos Deputados. O governador denominou a aprovação do polêmico projeto como um “gol de placa”, pois, segundo ele, vai resolver os problemas do país. Entre outras situações, o citado projeto pode provocar a terceirização dos professores e outros profissionais importantes, além do que praticamente vai colocar fim a muitos concursos públicos. Embora o governador seja aliado muito próximo de diversos membros da Diretoria Executiva do SINTERO, os sindicalistas certamente não concordam com a posição de Confúcio Moura. Emerson Castro, secretário chefe da casa Civil e também aliado dos membros da Executiva do sindicato da educação, seguiu seu chefe e elogiou o projeto. A proximidade entre os líderes do sindicato e o governo é vista pelos filiados como um fato muito negativo.

OPERAÇÃO ASSEPSIA  

A prática do sindicalismo em Rondônia precisa com urgência ser modernizada e passada a limpo. A Operação Assepsia, realizada poucos dias atrás, investiga a participação do presidente do sindicato de servidores do município de Ji-Paraná, em suposta organização criminosa e recebimento de propina. Segundo a investigação, o sindicalista recebia recursos indevidos de um dentista, também preso na operação, para permitir que o odontólogo fosse o escolhido pela entidade sindical para atender os filiados. Ironicamente, também estão envolvidos na investigação, acusados de participação em organização criminosa, servidores de carreira da Gerência Geral de Fiscalização do município. Pelas informações que foram divulgadas, funcionários do órgão fiscalizador não estavam cumprindo com a principal atribuição do setor e fazia justamente o contrário de suas funções. Os sindicatos precisam refletir sobre as lideranças que dirigem as ações de entidades no estado.

PODRES PODERES

As câmaras de vereadores de Rondônia foram convidadas, no início do ano, para um encontro realizado na capital do estado onde fariam um treinamento para aprender como exercer o mandato. Na ocasião, também se discutiu sobre a independência de poderes, que está prevista na legislação. O vereador Rogério Soares Chagas, do PMDB de Cacoal, parece não ter participado do curso. Logo depois de tomar posse, ele negociou cargos de luxo na administração e colocou a esposa, que era merendeira, em um cargo da Secretaria de Ação Social, com um salário bem maior; colocou também o irmão como Secretário Municipal de Meio Ambiente e negocia outros cargos. Após estes fatos, fica muito difícil acreditar que o vereador cacoalense vai fiscalizar alguma coisa na administração. O vereador, porém, é apenas um exemplo de que as promessas de campanhas não passam de discursos vazios e sem nenhuma coerência. Na prática, a independência de poderes está muito longe da realidade.

ESCOLAS DE FACHADA

As escolas “em tempo integral” criadas pelo governo de Confúcio Moura estão agonizando. Em todas elas, a falta de estrutura é visível e a propaganda feita pelo governo não passa de lorota. Os diretores estão desesperados, porque muitos pais de alunos começaram tirar os filhos das escolas, por causa da falta de estrutura. Há casos em que os pais precisam levar marmitex, porque os alunos reclamam que a comida não é suficiente, sendo que, muitas vezes, os alunos passam o dia na escola e comem apenas o biscoito “pedagógico”, como é chamado o biscoito mais comum nas escolas. O Secretário de estado e praticamente todos os Coordenadores Regionais de Ensino fingem não saber da realidade e escondem os problemas, informando ao governador que tudo funciona com muita qualidade. Mas o governador também sabe que não é verdade, porque até hoje ele nunca repassou os recursos que prometeu e os professores nunca receberam a gratificação prevista para os profissionais. Conforme as informações que recebemos, caso o governo não tome uma decisão para resolver o problema, todas as escolas em tempo integral se preparam para paralisar as atividades na próxima semana.

EMERGÊNCIA

O Hospital de Emergência e Urgência de Cacoal parece viver mesmo uma situação de emergência. Segundo relatos dos deputados Laerte Gomes e Juracy Barbosa (Só na Bênção), na sessão da última terça-feira, já houve situações em que pacientes chegaram a óbito pela falta de atendimento na unidade de saúde. Os parlamentares afirmaram que o problema está na falta de gestão do HEURO e que o governo precisa, com urgência, organizar a administração do hospital. Ainda, segundo, informações de servidores que trabalham no HEURO, já aconteceu, pelo menos uma vez,  o fato de  um paciente ser levado para a capital e somente depois ficar constatado que o paciente foi trocado. O Hospital de Emergência e Urgência de Cacoal é dirigido pela esposa do ex-deputado Valdivino Tucura, aliado político do governador. Se continuar assim, em pouco tempo os doentes terão que ser atendidos em Ministro Andreazza.

VILHENA

A administração da prefeita Rosani Donadon parece não ter encontrado ainda o caminho certo. No começo desta semana, um acidente quase matou três professoras da rede municipal de Vilhena quando elas se dirigiam para o distrito de São Lourenço, onde trabalham. O veículo utilizado no transporte das professoras pertence a umas delas e após o acidente elas afirmaram que não possuem experiência para dirigir em rodovias como a BR – 364, que possui um fluxo muito alto de caminhões. Em anos anteriores, a prefeitura dispunha de um veículo com motorista para levar as professoras ao destino, fato que deixou de acontecer na administração de Rosani Donadon. Os discursos inflamados da candidata do PMDB, nos quais prometia melhorar a vida das pessoas, parecem ter ficado no passado. Muita coisa ficou pior com a nova administração.

ARIQUEMES

O vereador Ernandes Santos Amorim, de Ariquemes, apresentou um projeto, no mínimo, polêmico. Com a proposta, ele pretende que os vereadores de sua cidade tenham salários iguais ao maior salário pago a um professor da Rede Municipal de Ariquemes. O projeto pode estar sendo apresentado pelo vereador apenas com a intenção de aparecer, já que teremos eleições no próximo ano, mas a ideia bem que poderia ser discutida de maneira séria, não somente na Capital do Estanho, mas em todos os demais municípios do estado. Além disso, a legislação federal poderia ser discutida para alterar também os percentuais de repasses de recursos para as câmaras de vereadores dos municípios. O projeto de Ernandes Amorim tem uma boa carga de demagogia, mas muita gente vai se aliar à ideia, porque os professores produzem muito mais do que qualquer vereador. É injusto que ganhem menos!

PARLAMENTANDO

O motorista está preso em um engarrafamento na avenida que passa ao lado do Congresso Nacional em Brasília. Nenhum carro se movimentava. De repente, um homem bate em sua janela. O motorista abre o vidro e pergunta:
– O que está acontecendo?
E o homem explica:
– Terroristas sequestraram todo o Congresso Brasileiro e estão pedindo 10 milhões de reais como resgaste. Caso contrário, eles vão jogar gasolina em tudo e queimar o congresso com todos os deputados e senadores dentro. Por isso, estamos passando de carro em carro e coletando doações.
O motorista pergunta:
– E quanto, em média, cada pessoa está doando?
O homem responde:
– Ah, por volta de uns 5 litros.

Fonte: Jornal Correio de Rondônia

Ver comentários

Continue Lendo...

Pedagogia da enganação, inocentes e perseguidos e Paulinho do Cinema

FERNANDO SEGOVIA A criação do Ministério da Segurança provocou a queda do chefão da Polícia Federal, Fernando Segovia, que foi colocado no cargo sob muitas críticas de políticos da oposição e de colegas da PF….

Leia Mais

Vereador mais votado nas eleições de 2016, Paulo Roberto Duarte Bezerra, também conhecido como Paulinho do Cinema (PP-RO) é o atual presidente da Câmara de Vereadores do município de Cacoal (RO). Empresário de sucesso na…

Leia Mais

LULA E A PRESIDÊNCIA No último dia 13 deste mês, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva esteve em Curitiba para depor em mais uma ação em que ele é réu, acusado de ser o…

Leia Mais

REFORMA ELEITORAL Durante toda a semana, os deputados trabalharam duro nos bastidores e nas comissões, em Brasília, para tentar aprovar a chamada “reforma política” que deve servir para nortear as eleições de 2018. Alguns pontos…

Leia Mais

ELEIÇÃO INDIRETA O Ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, já enfrentou muitos protestos e muita rejeição pelas decisões que toma no TSE e também no STF, já que ele faz parte da Suprema Corte do…

Leia Mais

A CARNE É FRACA O estrago causado pela delação dos donos da JBS foi tão devastador que pegou o presidente Michel Temer de surpresa. O presidente postiço havia declarado, pouco tempo atrás, que demitiria os…

Leia Mais