×

Publicidade

Copom reduz taxa básica de juros de 4,5% para 4,25% ao ano

Com decisão, a Selic atinge nova mínima histórica. Redução já era esperada por analistas do mercado financeiro.

Pela quinta vez consecutiva, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, nesta quarta-feira (5) reduzir a taxa básica de juros, que passou de 4,5% para 4,25% ao ano.

Com a decisão desta quarta, a taxa Selic atinge uma nova mínima histórica. É o menor patamar desde 1999, quando o Brasil adotou o regime de metas para a inflação. O atual ciclo de queda da Selic se iniciou em julho do ano passado.

A medida já era esperada pelo mercado financeiro. Na semana passada, os analistas consultados pelo boletim Focus (pesquisa semanal do Banco Central) estimaram que a taxa Selic fosse reduzida para 4,25% a.a. e mantida assim ao longo do ano. A expectativa é que ela só volte a subir em 2021.

Publicidade

Em comunicado, o Copom indicou que deve interromper os cortes na taxa Selic.”O Copom entende que o atual estágio do ciclo econômico recomenda cautela na condução da política monetária. Considerando os efeitos defasados do ciclo de afrouxamento iniciado em julho de 2019, o Comitê vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária”, diz o texto.

“O Comitê enfatiza que seus próximos passos continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação, com peso crescente para o ano-calendário de 2021”.

Ver comentários

Continue Lendo...

Dólar aproxima-se de R$ 4,45, e bolsa cai 7% com coronavírus

Receio de impacto da doença sobre economia abalou mercados.

Leia Mais
EUA encerram embargo a carne bovina in natura do Brasil

Anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Leia Mais
Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

Na Quarta-feira de Cinzas o início do expediente será às 12h.

Leia Mais
Dólar ultrapassa R$ 4,39 e atinge novo recorde desde a criação do real

Em alta pelo quarto dia seguido, o dólar voltou a fechar no maior valor nominal desde a criação do real. Nesta quinta-feira (20), o dólar comercial encerrou a sessão vendido a R$ 4,392, com alta de…

Leia Mais
Em 5 anos de cobrança extra na conta de luz, consumidores pagam quase duas usinas de Jirau

Levantamento da Aneel mostra que consumidores pagaram R$ 35,42 bi desde 2015, quando bandeira tarifária entrou em vigor. Jirau (RO) abastece 40 milhões de pessoas e custou R$ 19 bi.

Leia Mais
Mais de R$ 7 milhões foram autorizados para projetos que vão impulsionar a economia de Rondônia

Na reunião realizada na quarta-feira (29), o Conselho de Desenvolvimento de Rondônia (Conder) autorizou, na sua 67ª reunião ordinária, mais de R$ 7 milhões em recursos para o estímulo ao desenvolvimento da indústria rondoniense e de outros setores…

Leia Mais