×

Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai

Projeção para a expansão do PIB passa de 0,81% para 0,83% este ano.

Previsão de crescimento econômico aumenta; estimativa de inflação cai

Foto: Ilustrativa/Pixabay

O mercado financeiro aumentou a projeção para o crescimento da economia e reduziu a estimativa de inflação para este ano. Segundo o boletim Focus, pesquisa divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), a previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi ajustada de 0,81% para 0,83% neste ano.

Segundo a pesquisa, a previsão para 2020 também subiu, ao passar de 2,1% para 2,2%. Para 2021 e 2022 não houve alteração nas estimativas: 2,5%.

Inflação

A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 3,76% para 3,71%. Não houve alteração nas estimativas para os anos seguintes: 3,90%, em 2020, 3,75%, em 2021, e 3,5%, em 2022.

Publicidade

A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,5% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6%. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, ao final de 2019 a Selic estará em 5% ao ano. Para o final de 2020, a estimativa permanece em 5,5% ao ano. No fim de 2021 e 2022, a previsão segue em 7% ao ano.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar ao fim deste ano subiu de R$ 3,75 para R$ 3,78 e, para 2020, de R$ 3,80 para R$ 3,81.

Ver comentários

Continue Lendo...

Caixa cadastrou 10 milhões de benefícios emergenciais em seis horas

Banco espera terminar o dia com até 20 milhões de inscritos

Leia Mais
Crédito para folha de pagamento já está disponível nos bancos

Programa foi regulamentado hoje (6) pelo Conselho Monetário Nacional.

Leia Mais
Produção nacional de automóveis teve queda de 21,8% em março

O resultado é consequência da pandemia da covid-19.

Leia Mais
Dólar sobe pela sexta vez seguida e ultrapassa R$ 5,32

Bolsa caiu para o menor nível em dez dias.

Leia Mais
Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

Calendário de pagamento será divulgado na próxima semana.

Leia Mais
Governo reduz pela metade contribuições pagas ao Sistema S por 3 meses

Equipe econômica prevê economia de R$ 2,2 bilhões aos empresários.

Leia Mais