×

Publicidade

Seleção vence a Bolívia na abertura da Copa América

Depois de um primeiro tempo sonolento, equipe deslanchou na segunda etapa

Seleção vence a Bolívia na abertura da Copa América - correio de rondônia

Um primeiro tempo chato, compensado com um segundo tempo com muitos gols. A seleção brasileira bateu a Bolívia, nesta sexta-feira (14), na abertura da Copa América, por 3×0. A partida aconteceu no Morumbi, em São Paulo.

A abertura, que teve participação de Léo Santana, cantando ao lado da colombiana Karol G a música Vibra Continente, ajudou a aplacar ansiedade. A seleção brasileira empolgou pelos 15 minutos iniciais. Muita pressão, chances criadas e a Bolívia mal conseguia passar de sua intermediária.

Publicidade

A melhor chance foi numa cabeceada de Thiago Silva, que, sozinho, colocou para fora. Os dois laterais apoiavam o tempo todo e o Brasil tinha 75% da posse de bola. Mas o tempo foi passando e tanto time como torcida esfriaram. Foram 12 finalizações, mas pouca exigência de Lampe.

Casemiro tentou de longe, Richarlison perdeu sem goleiro – acertou o zagueiro.  Ao final da primeira etapa, as vaias eram previsíveis, como, de fato, ocorreram.

Num piscar
A seleção voltou com a mesma formação, mas com uma mudança tática. Fernandinho passou a ter mais liberdade para entrar na área boliviana, se transformando num homem a mais no ataque.

Se o primeiro tempo deu sono, o segundo já começou em alta velocidade. E, num piscar de olhos, o Brasil já vencia por 2×0. Aos 3 minutos, Richarlison cruzou e a bola bateu na mão de Jusino. O árbitro não viu, mas o VAR, sim. Pênalti, que Philippe Coutinho cobrou no cantinho e fez 1×0.

Quatro minutos depois, Firmino desceu bem pela direita, olhou e, com perfeição, levantou para Coutinho ampliar a vantagem brasileira de cabeça.

Mesmo com a bela assistência, o jogador do Liverpool não atuava bem e acabou sendo substituído por Gabriel Jesus. Por duas vezes, o centroavante do Manchester City tentou marcar, mas parou na defesa boliviana e em Lampe.

Outro substituto, no entanto, que conseguiu marcar. Aos 39 minutos, quatro minutos após entrar na vaga de David Neres, Everton fez um golaço, bem a seu estilo. O atacante do Grêmio pegou a bola na esquerda, tirou dois defensores e bateu de chapa. Lampe nem se mexeu: 3×0.

Só depois do placar já definido que Alisson fez sua primeira defesa no jogo, afinal todo mundo tinha que se sujar um pouco. Agora, a Seleção vem para Salvador, onde enfrenta a Venezuela, terça-feira (18), às 21h30, na Arena Fonte Nova.

Ver comentários

Continue Lendo...

Cafu é investigado pela polícia por suposta ligação com o PCC

Registros do ex-jogador foram encontrados no celular de Décio Português.

Leia Mais
Após caso de dopping, Rafaela Silva perde medalha de ouro do Pan

Decisão foi anunciada pela Organização Desportiva Pan-Americana

Leia Mais
PSG exige que Neymar aprenda a falar francês

De acordo com o jornal L’Équipe, o atacante Neymar tem uma nova “missão” no Paris Saint-Germain: aprender a falar francês. O brasileiro já está há mais de dois anos na equipe parisiense, desde que deixou…

Leia Mais
Técnico Felipão é demitido do Palmeiras

Após os recentes resultados negativos houve muita pressão nos bastidores do clube. Na terça-feira, o Verdão foi eliminado pelo Grêmio na Libertadores, enquanto o time palmeirense perdeu por 3 a 0 pelo Flamengo no último…

Leia Mais
Flamengo é líder e Palmeiras vive crise

Fla faz melhor jogo com Jesus e Felipão tem cargo ameaçado

Leia Mais
Declaração de Jorge Jesus põe fogo no confronto entre Flamengo e Grêmio pela Libertadores

Técnico do Flamengo disse que o Grêmio não tem o melhor futebol do Brasil e que vê o Rubro-Negro em vantagem

Leia Mais