23 de Abril de 2018
Siga o CR
×
Siga o CR

Geral

Aumento no volume de água e erosão difultam tráfego na BR 364

Foto da notíciaAs águas do Rio Madeira que estão apresentando elevação acima da média em relação aos anos anteriores se aproximam da BR 364, que liga Rondônia ao Estado do Acre, e preocupa autoridades. Segundo informações vindas da região do Abunã e Mutum, o nível do Madeira chegou a 19,90 metros, alertando a população e os condutores de veículos que trafegam pela rodovia.

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) no Acre, Thiago Caetano, informou ao ac24horas que fez contato com a superintendência do DNIT em Rondônia que confirmou a elevação das águas do rio Madeira. “Fizemos contato com Rondônia e eles confirmaram a situação do rio chegando a BR 364. Inclusive o rio apresenta uma elevação de suas águas superior ao mesmo período que aconteceu aquela grande enchente que deixou o Acre isolado. E diante dessa situação o risco é muito grande de uma nova enchente e isolamento do Acre”, destacou.

Thiago também disse que com as intensas chuvas era previsto uma mudança na operação das usinas com abertura de mais comportas para garantir à vazão da água que oriunda das cabeceiras do rio Madeira. “Fiz questão de entrar em contato com a bancada acreana, por meio do senador Glason Cameli, para intervir junto aos ministérios do Meio Ambiente, Integração Nacional e principalmente a Agência Nacional de Águas – ANA, para que seja feito uma mudança nas operações das usinas hidrelétrica, e com isso possa regular de imediato esta situação”, explica.

O superintende informa ainda que se não mudar a parte da operação da Usina Hidroelétrica e continuar tendo o nível de chuva nas cabeceiras do rio Madeira, o rio pode transbordar sobre a BR 364, “Por isso tem que ser uma ação rápida, imediata o mais breve possível”, finalizou Thiago.

A direção do DNIT no Acre estará em Rondônia na próxima segunda-feira (15) para tratar da situação de uma possível enchente do rio Madeira, montando um plano de contingenciamento no qual o DNIT no Acre se colocará à disposição.

Outro agravante é a erosão no km 876 da BR364, sentido decrescente. Que  está sendo controlada por ação integrada do DNIT e o Consórcio Jirau com presença da Polícia Rodoviária Federal em ação de apoio. Sendo o monitoramento constante do nível das águas do Rio Madeira, com o controle de evasão do volume nas barragens a cargo do Consórcio Jirau.
A prioridade ,de acordo com as informações dos envolvidos, é que seja feito  diretamente o reparo seguindo o fluxo normal no trecho, sem bloqueios ou desvios.

Fonte: Alerta Rondônia e PRF-RO

 

Publicidade

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Publicidade

Curta Nossa Fanpage

Publicidade

Previsão do Tempo

Publicidade

Últimas Notícias