×

Publicidade

Cresce a procura por seguro residencial na região norte

Os estados de Rondônia (RO) e Pará (PA) foram os que apresentaram maior incremento.

A busca por proteção para residências vem apresentando crescimento na região norte do País. Segundo levantamento realizado pelo GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE, no segundo trimestre deste ano, houve crescimento de cerca de 43% nas vendas do seguro residencial, na comparação com o mesmo período de 2017.

Os estados de Rondônia (RO) e Pará (PA) foram os que apresentaram maior incremento no período analisado, respondendo por 60,9% e 30,1% do total do crescimento, respectivamente. A superintendente executiva de Produtos Massificados e Especiais da companhia, Patricia Siequeroli, explica que os consumidores estão mais conscientes quanto à importância de proteger o seu imóvel que, na maioria das vezes, demanda muitos anos para ser adquirido e possui um valor elevado.

Continua após a Publicidade

“Havia uma percepção de que o seguro residencial era algo caro, mas as pessoas estão notando que é muito acessível. Para se ter uma ideia, contamos no GRUPO com apólices de planos básicos que oferecem proteção contra incêndio, explosão e queda de raio e aeronave, além de cobertura adicional para danos elétricos por cerca de R$ 400 por ano.”, comenta Patricia. “O brasileiro percebeu que é, sim, possível proteger bens importantes, como a sua casa, sem comprometer o orçamento familiar”.

A executiva ressalta que as assistências ofertadas gratuitamente na apólice residencial são vantagens que os consumidores estão enxergando como um excelente custo-benefício, pois a contratação avulsa destes serviços pode custar mais que o próprio seguro. “Na proteção ofertada pelo GRUPO disponibilizamos sem nenhum custo extra serviço de encanador, eletricista, chaveiro, vidraceiro e indicação de profissionais para a realização serviços como instalação de chuveiro, tomada, interruptor, luminária etc” conclui.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Ver comentários