×

1º Tribunal Júri de Porto Velho condena sobrinho que matou tio a mais de 17 anos de reclusão

1º Tribunal Júri de Porto Velho condena sobrinho que matou tio a mais de 17 anos de reclusão

Às 15h05 desta terça-feira, 15, o Conselho de Sentença (jurados) representando a sociedade, presidido pelo juiz Gleucival Zeed Estevão, do 1º Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho, por maioria de votos, condenou Beneval Silva de Souza sob acusação de ter matado o seu tio Luciano Pereira, por motivo fútil, asfixia e surpresa, assim como por furto qualificado. Pelos dois crimes o réu cumprirá 17 anos e nove meses de reclusão em regime fechado, inicialmente.

Segundo a pronúncia, o réu foi à casa da vítima para cobrar uma dívida no valor de 200 reais. Ao chegar, percebendo que Luciano Pereira estava dormindo, utilizou-se de um lençol para asfixiá-lo. Além disso, após a vítima falecer, o sobrinho-réu furtou o celular. O crime aconteceu no dia 8 de abril de 2019.

A sessão de julgamento iniciou às 08h30, de terça-feira, 15. Durante o julgamento, representando o Ministério Público, atuou o promotor de Justiça Jefferson Marques Costa, e na defesa do réu, o defensor público Paulo Eduardo Pereira Lima.

Publicidade

(Processo Criminal n. 0005901-48.2019.8.22.0501).

Ver comentários

Continue Lendo...

Foto: Assessoria - OAB-RO

Em garantia às prerrogativas da advocacia, a OAB Rondônia interviu, por meio da Comissão de Defesa das Prerrogativas (CDP), em favor da advogada Karla Maria Brito Nava que foi impedida de manter contato com seu…

Leia Mais
Em sessão cerimônia virtual, Barroso toma posse como presidente do TSE

Bolsonaro, Maia e Alcolumbre acompanharam virtualmente o evento.

Leia Mais
Covid-19: Justiça determina que somente serviços essenciais podem funcionar em Rondônia

Decisão judicial proíbe que prefeituras autorizem retorno das aulas e atividades não-essenciais a partir desta segunda-feira, 4 de maio.

Leia Mais
Bancos, lotéricas e prefeituras de Rondônia devem agir para evitar aglomerações

MPF e MP/RO recomendaram que filas tenham distanciamento mínimo exigido pelas normas de segurança contra a disseminação do coronavírus.

Leia Mais
OAB publica nota em defesa da democracia

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil reafirma seu compromisso histórico e não transigirá na defesa da Democracia. A Constituição Federal estabelece as estruturas do Estado a partir de uma equilibrada repartição de…

Leia Mais