×

AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia

Força-tarefa do órgão ajuizou 27 ações de ressarcimento em setembro.

AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou hoje (25) que foram ajuizadas neste mês 27 ações na Justiça para cobrar R$ 893 milhões de pessoas acusadas de desmatamento na Amazônia Legal. Segundo o órgão, o valor corresponde ao montante que deve ser reparado pelos danos ambientais causados em cerca de 35 mil hectares de floresta. ebc - AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazôniaebc - AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia

Os desmatamentos irregulares ocorreram em municípios do Amazonas (Lábrea, Nova Aripuanã e Manicoré), Rondônia (Alto Paraíso e Machadinho D´Oeste), Pará (Ulianópolis, Marabá e São Feliz do Xingú ), Mato Grosso (Nova Maringá, Santa Cruz do Xingú, São Felix do Araguaia e Peixoto de Azevedo) e em Mucajaí (RR).

Segundo a AGU, em cerca de um ano, foram solicitados pelo órgão na Justiça a reparação de 95 mil hectares da Amazônia, que totalizam R$ 2,2 bilhões em indenizações. No período, além das 27 ações protocoladas em setembro, o órgão também ajuizou mais 45 ações, no valor de R$ 1,3 bilhões. Cerca de R$ 570 milhões foram bloqueados dos acusados.

Publicidade

A atuação da AGU ocorre por meio de uma força-tarefa de procuradores e advogados da União para garantir o ressarcimento dos danos ambientais na Amazônia.

Ver comentários

Continue Lendo...

STF concede prisão domiciliar a detentos que têm filhos menores

Pais de crianças com deficiência também têm direito ao benefício.

Leia Mais
OAB inaugura primeiro parlatório em unidade prisional de Cacoal

Com três salas para atendimento de apenados pela advocacia, o presidente da OAB Rondônia, Elton Assis e o presidente da Subseção de Cacoal, Diógenes Nunes, entregaram à unidade prisional do município seu primeiro parlatório. O…

Leia Mais
Entra em vigor lei que cria cadastro nacional de condenados por estupro

Entrou em vigor nesta sexta-feira (2) a lei que cria o Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Crime de Estupro, que será operado pelo governo federal. Publicada no Diário Oficial da União, a Lei 14.069,…

Leia Mais
Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF

Ministro deve deixar a Corte no dia 13 de outubro.

Leia Mais
TST determina fim da greve dos Correios

Trabalhadores devem retornar ao trabalho amanhã.

Leia Mais
Entenda o que muda com a Lei Geral de Proteção de Dados

Legislação entrou em vigor nesta sexta-feira.

Leia Mais