×

Publicidade

Justiça de Rondônia mantém na prisão acusado de assaltar uma mulher, na Zona Rural de Ji-Paraná

A vítima teve pés e mãos amarrados, mais uma sacola posta na cabeça.

Justiça de Rondônia mantém na prisão acusado de assaltar uma mulher, na Zona Rural de Ji-Paraná

Marcos Jones Barreto dos Santos teve seu pedido de liberdade negado pelos desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia. A decisão foi conforme o voto do relator, desembargador José Antonio Robles, na sessão de julgamento do dia 17 deste mês.

Marcos Jones, juntamente com Edmar da Silva Abreu, é acusado de roubar uma mulher no momento em que chegava em seu sítio, na Linha 16, Km 20, município de Ji-Paraná. Eles ameaçaram a vítima com arma de fogo, agrediram-na fisicamente e roubaram uma motocicleta, uma bolsa, os óculos de sol e 229 reais. Antes de fugir, ainda amarram mãos e pés e colocaram um saco na cabeça da vítima, que só foi libertada com a chegada do esposo, que acionou a Polícia Militar.

Após diligências policiais, Marcos Jones, segundo o voto do relator, foi encontrado “em um bar no entroncamento da BR 429 com a 4ª Linha, de posse da motocicleta e dos objetos roubados. Na ocasião, Marcos confessou a prática do roubo e delatou o denunciado Edmar. Assim, os policiais foram até a residência do denunciado e abordaram Edmar, o qual também confessou sua participação no crime”.

Publicidade

Para o relator, diante da gravidade do crime, “a prisão preventiva é adequada ao caso”, uma vez que o acusado ao praticar o crime “demonstrou alto grau de reprovabilidade da sua conduta, necessitando uma rápida e eficaz resposta do Estado, não cabendo a aplicação de medidas diversas da prisão”.

Habeas Corpus n. 0004375-94.2019.8.22.0000

Ver comentários

Continue Lendo...

Covid-19: Justiça determina que somente serviços essenciais podem funcionar em Rondônia

Decisão judicial proíbe que prefeituras autorizem retorno das aulas e atividades não-essenciais a partir desta segunda-feira, 4 de maio.

Leia Mais
Bancos, lotéricas e prefeituras de Rondônia devem agir para evitar aglomerações

MPF e MP/RO recomendaram que filas tenham distanciamento mínimo exigido pelas normas de segurança contra a disseminação do coronavírus.

Leia Mais
OAB publica nota em defesa da democracia

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil reafirma seu compromisso histórico e não transigirá na defesa da Democracia. A Constituição Federal estabelece as estruturas do Estado a partir de uma equilibrada repartição de…

Leia Mais
OAB requer ao Judiciário preferência nos processos que auxiliam a economia local

Pedido também busca resguardar direito de exercício profissional da advocacia.

Leia Mais
OAB suspende prazos processuais e recomenda atendimento virtual à advocacia e público em geral

Como forma de intensificar as medidas temporárias, emergenciais, prioritárias e necessárias à prevenção ao contágio e enfrentamento da propagação decorrente do coronavírus (COVID-19), a diretoria do Conselho Seccional da OAB Rondônia promulgou nesta terça-feira(17), a…

Leia Mais