×

Ministério Público promove audiência pública para discutir a recuperação e preservação do Rio Mororó

Ministério Público promove audiência pública para discutir a recuperação e preservação do Rio Mororó

Foto: Assessoria de Comunicação - ASCOM

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Jaru, promoveu na noite desta segunda-feira (12/8) uma audiência pública, que reuniu centenas de pessoas no auditório da Associação Comercial e Industrial de Jaru(ACIJ), para discutir os danos ambientais causados ao Rio Mororó e as medidas que podem ser adotadas para mitigá-los.

A audiência foi coordenada pelo Promotor de Justiça Fábio Rodrigo Casaril e contou com a presença de representantes de diversos órgãos, entidades ligadas a questões ambientais e moradores do município. Compuseram a mesa de honra, o prefeito de Jaru, João Gonçalves Júnior; o presidente da Câmara de Vereadores Municipal, José Cláudio Gomes da Silva; o extensionista rural da Emater, Francisco Hildemburgo; a presidente da OAB/Jaru, Ilizandra Carminati; o professor do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Robinson Luiz Schoaba, e o presidente da ONG EPA, Cirilo Pereira Rodrigues.

Na audiência, estudantes da E.M.E.F. Juscelino Kubitschek e E.E.E.F.M Olga Dellaia apresentaram relatórios das ações e projetos desenvolvidos em prol do meio ambiente, explicaram a importância da preservação dos recursos naturais e em especial da água potável.

Publicidade

Os ambientalistas Cirilo Rodrigues e Silvia Rosa Chiovet explanaram as ações tomadas de proteção ao Rio Mororó, como recolhimento de quase 30 toneladas de lixo dos rios da cidade, reflorestamento das margens do rio e campanha de conscientização.

Os integrantes da mesa manifestaram apoio a iniciativa do Ministério Público e relataram suas contribuições nas ações ambientais, entendendo a urgente necessidade de recuperação e preservação das nascentes e margens do Rio Mororó que cruza toda a cidade, e possui uma extensão de aproximadamente 17 km.

Na oportunidade foi proposto a 32 proprietários de terras banhadas pelo Rio Mororó, a assinatura de Termo de ajustamento de conduta (TAC) para que recuperem suas nascentes e suas matas ciliares. Para o Promotor de Justiça Fábio Casaril a audiência alcançou seu objetivo de ouvir sociedade e buscar celebrar acordo, com a prefeitura e produtores rurais, para recuperação das matas ciliares às margens do Rio Mororó. O Ministério Público também propôs a celebração de um acordo com o município para o início da regularização fundiária das propriedades que margeiam o Rio Mororó.

Ver comentários

Continue Lendo...

TST suspende processos que tratam de restrição de direitos por norma coletiva

A suspensão prevalece até que o STF defina tese jurídica sobre a matéria.

Leia Mais
Poder Judiciário inicia Encontro Estadual da Magistratura

O Tribunal de Justiça de Rondônia, por meio da Corregedoria Geral da Justiça, promoveu na noite da última quinta-feira (10) a abertura do Encontro Estadual da Magistratura, iniciativa que visa ao aprimoramento das potencialidades individuais…

Leia Mais
1º Tribunal do Júri de Porto Velho condena homem que matou por ciúme

O réu Jete Ceide foi condenado a 12 anos de reclusão pelo 1º Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho, sob acusação de ter matado, com várias facadas, a vítima Dieuska Alsaint. A sessão…

Leia Mais
Condenado a mais de 18 de reclusão homem que foi encarado pela vítima

O Conselho de sentença do 1º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, composto por 6 mulheres e um homem, condenou Igor Silva Oziel por ter matado, com vários tiros, Willian Costa do Nascimento….

Leia Mais
Mais de 80% de acordos judiciais firmados em Mutirão, na cidade de Machadinho do Oeste, encerram impasses envolvendo Energisa

Nos últimos anos, centenas de moradores de Machadinho do Oeste vinham acionando a Justiça para solucionar um impasse envolvendo a Energisa, empresa privada responsável pelo setor elétrico em Rondônia. Depois de investirem na construção e…

Leia Mais
Acusado de matar por receber tapa no rosto é julgado no 1º Tribunal do Júri de Porto Velho

O 1º Tribunal do Júri da comarca de Porto Velho inicia nesta segunda-feira, 7, o julgamento de 10 processos criminais pautados para este mês. Hoje quem está sendo julgado é o réu Adriano Fernandes da…

Leia Mais