×

Publicidade

Governo federal autoriza operação das Forças Armadas em Roraima

Governo federal autoriza operação das Forças Armadas em Roraima

Foto: Reprodução/Internet

O governo federal autorizou operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para que as Forças Armadas atuem no Estado de Roraima. O objetivo é que a medida seja estendida a todos os Estados da Amazônia Legal. Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) já havia afirmado que a “tendência” era que o governo acionasse tropas do Exército para auxiliar no combate aos incêndios na região amazônica.

As queimadas recordes na região amazônica vêm despertando forte preocupação dos governos europeus e da comunidade científica, com ampla divulgação negativa sobre o governo brasileiro. França e Irlanda ameaçam bloquear o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, firmado em junho, caso o Brasil não tome providências para proteger a floresta amazônica.

Na noite de quinta, o governo publicou em edição extra do Diário Oficial da União(DOU) despacho que determina que todos os ministros adotem “medidas necessárias para o levantamento e o combate a focos de incêndio na região da Amazônia Legal para a preservação e a defesa da Floresta Amazônica”.

Publicidade

Ver comentários

Continue Lendo...

Casos suspeitos de coronavírus sobem para 12 no Brasil

Nenhum caso foi confirmado; dez já foram descartados.

Leia Mais
Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

Padrão Mercosul será necessário para novos emplacamentos.

Leia Mais
Anvisa interdita todas cervejas produzidas pela Backer

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou todas as cervejas produzidas pela Backer cuja data de validade seja igual ou posterior a agosto de 2020. A medida foi anunciada hoje (17) pela autarquia. A…

Leia Mais
Ministério multa Facebook por abuso no compartilhamento de dados

Facebook terá que pagar multa de R$ 6,6 milhões.

Leia Mais
Mega-Sena da Virada vai pagar R$ 300 milhões

Apostas podem ser feitas até as 18 horas de terça-feira.

Leia Mais
Mãe que matou o filho por homofobia é condenada a 25 anos

Tatiana Ferreira Lozano Pereira não aceitava o fato de Itaberli Lozano ser gay; outros dois envolvidos no crime foram sentenciados.

Leia Mais