×

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Na próxima segunda-feira serão ouvidos o Secretário de Segurança do Estado de Rondônia e o Delegado Geral da Policia Civil.

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Foto: José Hilde-Decom-ALE/RO

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empresa Energisa, aprovou a apresentação do plano de ação, convocação e convites para oitivas de entidades, instituições, empresas e pessoas da sociedade para esclarecimentos sobre a atuação da denunciada em práticas abusivas contra os consumidores de energia elétrica.

A reunião foi presidida pelo deputado Alex Redano (Republicanos), com a presença do vice-presidente Ismael Crispin (PSB) e do relator Jair Montes (PTC). Foram apresentados requerimentos e encaminhamentos a serem seguidos nos demais encontros.

Alex Redano enfatizou a participação de advogados, entidades e representantes da sociedade, como convidados da Comissão: Breno Mendes (Advogado), Caetano Neto (Associação de defesa da cidadania), Francisco Holanda de Oliveira (Instituto de Ação Empresarial), Rosangela Lázaro Oliveira (advogada) João Francisco Santos Doca (advogado), André Lima, Anderson dos Santos Mendes (Advogado), Gabriel Tomasete (Advogado autor de ações civis públicas em andamento). Eles irão participar ativamente com apresentação de requerimentos e sugestões.

Publicidade

O deputado Crispin encaminhou requerimento pedindo o aditamento do requerimento 519/19 aprovado em plenário, no dia 17 de setembro, para que fique claro o fato certo e determinado da CPI visando a transparência e para que se evite ações contra a Comissão. Os fatos iniciais para investigação são: o descumprimento da legislação 1.783/ 07, substituição dos medidores sem a ´presença do consumidor, cumprimento da dívida da antiga Ceron junto ao governo do Estado, cumprimento das cláusulas do contrato de concessão da Energisa em Rondônia, além da compensação dos recursos hídricos. Esse requerimento foi aprovado por unanimidade.

O relator da CPI, deputado Jair Montes apresentou o plano de trabalho a ser seguido pela CPI. São seis etapas, entre oitivas, visitas, audiências públicas, partes administrativas e relatório final. Veja o que ficou definido:

Ações administrativas

Calendário de ações 7 a 11 de outubro- realização de audiência pública para averiguação de denúncias contra a Energisa, reunião e deliberação de requerimentos.

Oitivas

Na semana de 14 a 18 de outubro, serão realizadas oitivas, reunião administrativa para apreciação de requerimentos.

Semana de 21 a 25 de outubro- audiência para oitivas com representantes do Governo – débito da Energisa junto ao Estado, de 28 a 31 de outubro- audiências para oitivas de representantes do governo para falar sobre a arrecadação de impostos oriundos do consumo de energia elétrica em todo Estado.

Visitas

De 4 a 8 de novembro – realização de visita técnica a outras Assembleias legislativas com CPI em andamento. De 11 a 15 de novembro- realização de diligencias nos bairros atendidos e reunião para deliberação de requerimentos e diligencias.

Audiência Pública

Na semana de 18 a 22 de novembro serão realizadas audiências públicas para discutir o tema

Mais oitivas

De 25 a 29 de novembro a CPI vai ouvir representantes da Energisa, realizar audiências para oitiva de órgãos, autoridades públicas, representantes da sociedade civil e especialistas da área para debater os fatos apurados na CPI. Entre os dias 02 e 06 de dezembro- analise de informações, documentos e oitivas restantes.

Relatório Final 

A Comissão Parlamentar de Inquérito quer entre os dias 9 e 13 de dezembro elaborar o relatório final dos trabalhos e, entre os dias 16 e 20 de dezembro apresentar, discutir e votar o relatório final.

De acordo com Jair Montes os trabalhos previstos no plano buscam conferir efetividade a investigação parlamentar, com respeitos aos princípios constitucionais do contraditório e da ampla defesa. “Almejamos uma comissão Parlamentar que trará a verdade real dos fatos, apurará os abusos praticados pela Energisa e denunciados pela população rondoniense, e ainda fiscalizara os termos de compensação contratuais de obrigação da Energisa, exercendo assim função fiscalizadora deste parlamento”, pontuou.

Reunião Extraordinária

A comissão aprovou a realização de reunião extraordinária para a próxima segunda-feira (7), às 17 horas, no plenarinho 2, para ouvir, a convite, o Secretário de Segurança do Estado de Rondônia e o Delegado Geral da Policia Civil de Rondônia.

Reunião Ordinária

Na próxima quarta-feira (9), a CPI, através de convocação vai ouvir o presidente do Ipem, bem como os servidores do Instituto que elaboram o relatório final dos relógios medidores de energia, encaminhados pela Energisa, além do representante do Procon.

Através de convites, devem comparecer à CPI representantes do CREA, Conselhos Federal de Técnicos (CFT), e o ex-funcionário da Energisa, Sidney Sandrini Queiroz, que há seis anos publicou uma série de denúncias contra a atuação da empresa na Paraíba.

Ver comentários

Continue Lendo...

Em missão oficial na Bolívia, Jaqueline Cassol debate Revalida com estudantes e médicos brasileiros

  A situação de milhares de estudantes de medicina e médicos formados no exterior foi um dos temas debatidos durante um Congresso Científico em Santa Cruz de La Sierra, nesta segunda-feira (21). A deputada federal…

Leia Mais
Audiência pública debate estratégias de melhorias da educação em Rondônia

Deputado Lazinho da Fetagro comandou a audiência, com destaque para o modelo de Sobral e novas ferramentas do Google.

Leia Mais
Com recursos de Jaqueline Cassol, Governo programa mutirões de cirurgias ortopédicas e de cataratas em Cacoal

Recursos de quase R$ 7 milhões foram destinados para os projetos Visão e Mobilizar e vão atender vários municípios.

Leia Mais
Presidente Laerte Gomes discute modelo de regulamentação para Regularização Fundiária de Rondônia

Oficina realizada em Brasília foi coordenada pelo deputado federal Lúcio Mosquini.

Leia Mais
Deputada Federal Jaqueline Cassol embarca para Santa Cruz de La Sierra

A parlamentar retornará ao Brasil na terça-feira, 22, à noite.

Leia Mais
Tiroteio em tabacaria deixa dois mortos na frente do MP-RO

Suspeito fugiu na correria do público e não foi identificado.

Leia Mais