×

Marcos Rogério e Laerte Gomes garantem vitória para Rondônia: ANEEL rechaça aumento de energia

Segundo senador rondoniense, MP 998 obriga sistema nacional a reposicionar o Estado no mapa geolétrico, o que deve reduzir em 12% o valor das contas.

Marcos Rogério e Laerte Gomes garantem vitória para Rondônia: ANEEL rechaça aumento de energia

Foto: Marcos Figueira - ALE/RO

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), participaram nesta terça-feira de sessão remota da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para analisar o pedido da distribuidora Energisa para aumento dos valores da tarifa no Estado. No mês de aniversário do contrato de concessão, ela poderá pedir reajuste através de consulta pública. A reunião foi realizado através de plataforma virtual e contou com a participação de vários representantes do setor, autoridades e membros da própria Energisa.

Após as considerações, os membros da ANEEL negaram o aumento. Um dos principais argumentos é a aprovação da Medida Provisória 998. O texto legal reposiciona Rondônia no mapa geoelétrico no Brasil retirando o Estado do setor de desenvolvimento do Sudeste. Hoje Rondônia e Acre, mesmo fazendo parte do Norte, tem grandes prejuízos com a atual conjuntura do mercado regulatório. “Minha expectativa é que a redução venha a ser na ordem de 12% com a nova inserção de Rondônia no mapa geolétrico”, acredita o senador Marcos Rogério.

Sobre o aumento da energia, negado hoje, o deputado Laerte Gomes explica que como representante da Assembleia Legislativa demonstrou a crise social criada com a pandemia do novo Coronavírus e observou que todos os esforços estão centrados no atendimento das vítimas da doença. A renda do trabalhador, observou Laerte Gomes, caiu sensivelmente e é necessário tomar medidas urgentes para ajudar o trabalhador. “Não existia menor possibilidade do aumento da energia”, defendeu.

Publicidade

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), participaram nesta terça-feira de sessão remota da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para analisar o pedido da distribuidora Energisa para aumento dos valores da tarifa no Estado. No mês de aniversário do contrato de concessão, ela poderá pedir reajuste através de consulta pública. A reunião foi realizado através de plataforma virtual e contou com a participação de vários representantes do setor, autoridades e membros da própria Energisa.

Após as considerações, os membros da ANEEL negaram o aumento. Um dos principais argumentos é a aprovação da Medida Provisória 998. O texto legal reposiciona Rondônia no mapa geoelétrico no Brasil retirando o Estado do setor de desenvolvimento do Sudeste. Hoje Rondônia e Acre, mesmo fazendo parte do Norte, tem grandes prejuízos com a atual conjuntura do mercado regulatório. “Minha expectativa é que a redução venha a ser na ordem de 12% com a nova inserção de Rondônia no mapa geolétrico”, acredita o senador Marcos Rogério.
Sobre o aumento da energia, negado hoje, o deputado Laerte Gomes explica que como representante da Assembleia Legislativa demonstrou a crise social criada com a pandemia do novo Coronavírus e observou que todos os esforços estão centrados no atendimento das vítimas da doença. A renda do trabalhador, observou Laerte Gomes, caiu sensivelmente e é necessário tomar medidas urgentes para ajudar o trabalhador. “Não existia menor possibilidade do aumento da energia”, defendeu.

Ver comentários

Continue Lendo...

Deputada de Rondônia é condecorada com a Ordem Mérito Aeronáutico

Jaqueline Cassol é uma das únicas mulheres civis a receber a comenda Grande-Oficial.

Leia Mais
Bolsonaro nomeia Kassio Nunes Marques como ministro do STF

Desembargador teve nome aprovado pela CCJ e plenário do Senado.

Leia Mais
Assembleia instala Conselho de Ética e define presidente e vice

Ato de nomeação já foi assinado pelo presidente Laerte Gomes e publicado no Diário Oficial.

Leia Mais
Deputada Jaqueline Cassol confirma construção do quartel da PM em Rolim de Moura

O recurso foi empenhado no início do mês pelo Ministério da Justiça e será executado pela secretaria de Estado da Segurança Pública de Rondônia.

Leia Mais
Afastada por suposto esquema de proprina, prefeita renuncia candidatura à reeleição em Cacoal

Glaucione Rodrigues encaminhou carta assinada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), protocolada em 14 de outubro. Prefeita afastada segue presa em Porto Velho.

Leia Mais
CPI relata abusos cometidos pela Energisa aos membros da bancada federal de Rondônia

Deputados lamentaram a ausência de representantes da Aneel.

Leia Mais