×

Marcos Rogério quer gasoduto para baratear energia elétrica em Rondônia

Senador pediu à Petrobras expansão do gasoduto Urucu-Coari-Manaus.

Marcos Rogério quer gasoduto para baratear energia elétrica em Rondônia

Foto: Assessoria

Em audiência pública na Comissão de Infraestrutura, nessa terça-feira (14/08), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu ao presidente da Petrobras Roberto Castello Branco a expansão do gasoduto urucu-coari-manaus, que liga o Pólo Arara, localizado na região petrolífera de Urucu (município de Coari, Amazonas) à Refinaria Isaac Sabbá, em Manaus.

“Entendemos que para a Região Norte seria importante que esse gasoduto pudesse chegar ao estado de Rondônia. A energia hoje acaba sendo um produto caro justamente em razão da queima de combustíveis para a produção pelas termoelétricas. O uso do gás poderia baratear o custo de produção e Rondônia se encontra nessa situação. Queria saber se há viabilidade técnica, ambiental e econômica”, questionou Marcos Rogério.

O presidente da Petrobras, por sua vez, explicou que gestões passadas avaliaram que o campo de urucu não tinha capacidade técnica conforme havia sido projetado. “Contudo, vamos revisitar o assunto e fazer uma nova avaliação”, ponderou.

O presidente esteve presente em audiência na comissão para prestar esclarecimentos sobre as atividades da estatal e os planos de ação para investimento e desinvestimento. A comissão é presidida pelo senador rondoniense, que tem se debruçado sobre o setor elétrico.

“Estamos realizando um ciclo de audiências públicas para buscar soluções para o setor. O consenso entre os especialistas ouvidos até o momento é de que o nosso modelo é atraso e precisa de avanços. Uma das propostas em discussão é o PLS 232/16, que prevê a portabilidade no setor elétrico, e pode levar à redução na tarifa de energia”, explicou o senador.

Essa foi a primeira vez que o presidente da Petrobras compareceu ao Senado nesta legislatura. Castello Branco garantiu que as novas diretrizes da empresa como um todo levarão a um “renascimento” da indústria petrolífera e de gás em diversos estados do país. “Estamos trabalhando para o melhor desenvolvimento da Petrobras, tornando-a melhor”, resumiu.

Ver comentários

Continue Lendo...