×

Advogado defende políticas públicas para inclusão de jovens pelo esporte

“É preciso que a legislação estadual incentive a classe empresarial a destinar recursos de patrocínio, por meio de benefícios fiscais”.

Advogado defende políticas públicas para inclusão de jovens pelo esporte

Foto: Luiz Paulo ao lado do campeão Dan Bryan.

A vida de muitos brasileiros foi transformada por trajetórias de esforço, dedicação e sucesso nas práticas esportivas. Meninos que, normalmente, não teriam acesso a padrões elevados de qualidade de vida e renda estável, graças ao futebol, em especial, e outros esportes profissionais conseguiram conquistar o conforto material para suas famílias. E não é só isso, defende o advogado Luiz Paulo Batista, que esta semana conheceu entidades e projetos que apostam nesta fórmula para promover a inclusão social e cultural da juventude da capital rondoniense. “É preciso que a legislação estadual  incentive a classe empresarial a destinar recursos de patrocínio, por meio de benefícios fiscais, e o próprio governo, por meio da destinação verbas públicas, para que essas entidades, pessoas e projetos que se dedicam ao esporte tenham o devido apoio para manutenção e ampliação do trabalho que já fazem”, afirmou.

O advogado, que é porto-velhense de coração, morou na cidade por mais de 35 anos, ainda recorda que na infância humilde, no bairro Liberdade, viu muitos dos colegas de “pelada” da rua serem seduzidos para o mundo nefasto das drogas ou da criminalidade. Muitas vezes os adolescentes não têm esse suporte em casa e isso acaba sendo um ponto fraco para que uma caminhada que poderia ser vitoriosa, seja perdida. “Por isso é preciso que as leis sejam mais eficazes no sentido de fornecer essas condições para que todos façam sua parte, como prevê a Constituição brasileira, as famílias, o Estado e a sociedade organizada, tendo a infância e a juventude como prioridades absolutas”, defendeu.

Luiz Paulo conheceu o talento do menino Dan Bryan, faixa preta e atleta de Taekwondo da Seleção Brasileira, tudo isso com apenas 12 anos. O jovem esportista só não embarcou para os Estados Unidos em 2020 para disputa dos jogos Pan Americanos por que o evento foi cancelado em razão da pandemia. “Quantas vezes nós vemos atletas de Taekwondo e outros esportes fazendo ações nos semáforos, vendendo brigadeiros, água ou simplesmente exibindo sua arte e sua cultura esportiva para atrair doações?”, indagou o advogado.

Para Luiz Paulo, por mais válido que sejam todas essas ações, é preciso que poder público assuma suas obrigações e promova o esporte como forma de inclusão. “Apoiar atletas amadores e profissionais não é só uma questão de justiça para com os recursos que todos cidadãos pagam em altos tributos, é uma forma de mostrar para as crianças qual é o caminho certo, no que a sociedade investe e em quem a gente acredita”, finalizou.

continua após a Publicidade

Ver comentários

Continue Lendo...

Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Familiares fecharam batalhões para pedir aumento salarial da categoria.

Leia Mais
Foto: Reprodução

Chamamento ocorre pelo Diário da Justiça e envio de documentos de forma virtual.

Leia Mais
O técnico de enfermagem Lanor Viana, de 62 anos, foi o primeiro imunizado contra a covid-19 na Região do Café - Foto: Giliane Perin - Secom/Governo-RO

No dia 19 de janeiro deste ano, a 2ª Gerência Regional de Saúde do Governo de Rondônia recebia a primeira remessa de imunizantes contra a covid-19 para atender seis municípios da Região do Café. Ao…

Leia Mais
DER está executando a regularização das camadas em atendimento à Anac - Foto: Giliane Perin - Secom/Governo-RO

O trabalho do Governo de Rondônia para a adequação da faixa de pista do Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, entra na reta final. O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes de Rondônia…

Leia Mais
Foto: Eleni Caetano - Secom/Governo-RO

Considerada atividade pública fundamental, os serviços prestados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) receberam atenção especial do Governo de Rondônia, que mantém o conjunto de suas atividades em pleno funcionamento em todo Estado. Segundo o…

Leia Mais