×

Denúncias de preços abusivos aumentam e Procon fiscaliza

Denúncias de preços abusivos aumentam e Procon fiscaliza

Foto: Reprodução/Internet

Desde o início deste mês, equipes da Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) estão nas ruas de Porto Velho fiscalizando e verificando a veracidade das denúncias recebidas. De acordo com os agentes, o número de denúncias sobre preços abusivos de álcool em gel e máscaras descartáveis dobrou nos últimos dias, devido à pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus, que pode apresentar febre, tosse e dificuldades para respirar). Esses produtos estão entre os principais meios de prevenção da doença, o que resultou no aumento dos preços em alguns estabelecimentos.

De acordo com o coordenador do Procon, Ihgor Jean, o órgão tem apurado também denúncias referentes à propaganda enganosa, envasamento impróprio sem especificações ou selo de segurança, e a principal delas: reclamações sobre o aumento dos preços destes produtos. E assegura que todas as medidas de proteção ao consumidor estão sendo tomadas.

“Nós alertamos a população e aos responsáveis pelos estabelecimentos quanto à proibição de preços abusivos. O Procon tem fiscalizado e estamos aplicando autos de infração e multas a quem desrespeitar a lei. A população pode denunciar essa prática através do telefone 151”, alertou o coordenador.

Publicidade

PREÇOS ABUSIVOS

Na quinta-feira (19), dando continuidade à rotina de fiscalização, as equipes do Procon foram a um estabelecimento que trabalha com manipulação de medicamentos para averiguar se o local está vendendo álcool em gel com preço dentro da normalidade.

Dentro do estabelecimento foi constatada logo na entrada a falta de itens importantes como o Código de Defesa do Consumidor (CDC), a placa do Procon que deve estar na recepção, a falta de caixa preferencial no estabelecimento e alguns produtos sem precificação.

O responsável pelo estabelecimento foi orientado sobre as devidas faltas e recebeu auto de infração. Sobre a denúncia de aumento dos preços não foram encontrados produtos no local, porém o responsável se comprometeu em enviar ao Procon Notas Fiscais de entrada e saída dos produtos, a contar do mês de janeiro até o dia da fiscalização, de forma que seja comprovado ou não o aumento dos preços de álcool em gel, configurando crime ao consumidor.

A procura por estes produtos aumentou na Capital, e no caso do álcool em gel é percebida a falta do produto, segundo explicou o consumidor Wagner Gregório. “Eu já procurei álcool em gel em vários locais da cidade e até o momento não encontrei nenhum produto. O que tenho visto são filas enormes nas ruas e muita gente desobedecendo às normas de prevenção, de evitar aglomerações, por exemplo”, ressaltou o consumidor.

Para se proteger do vírus a recomendação, segundo especialistas, é evitar ao máximo locais públicos com pouco ou grande número de pessoas, além de sempre lavar as mãos com sabão e aderir o uso de álcool em gel. Evitar também tocar nos olhos, boca e nariz.

ESTABELECIMENTOS MULTADOS

Na quarta-feira (18) equipes do Procon, em parceria com policiais civis da Delegacia de Crimes Contra o Consumidor (Deccon) e demais órgãos de fiscalização, multaram uma farmácia  na Capital que estava vendendo máscaras descartáveis a R$ 150,  um preço considerado abusivo e que fere o artigo 56 da lei número 8.078 do CDC.

COMO DENUNCIAR

Ao verificar a cobrança de preços abusivos em estabelecimentos comerciais em Rondônia, a orientação do Procon é que o consumidor fotografe o produto com o suposto valor abusivo e entre em contato com o órgão através do 151, ou pelo email da regional de cada município. Em Porto Velho o email é : portovelho@procon.ro.gov.br

REGIONAIS

Ariquemes: ariquemes@procon.ro.gov.br
Espigão do Oeste: espigaodoeste@procon.ro.gov.br
Guajará-Mirim: gmirim@procon.ro.gov.br
Ji-Paraná: jiparana@procon.ro.gov.br
Ouro Preto do Oeste: proconopo@gmail.com
Pimenta Bueno: pimentabueno@procon.ro.gov.br
Rolim de Moura: rolim@procon.ro.gov.br
Vilhena: vilhena@procon.ro.gov.br

Ver comentários

Continue Lendo...

Artesanato de máscaras caseiras prospera durante a pandemia

Na fila em frente à agência bancária na Avenida 7 de Setembro, em Porto Velho, a funcionária Aparecida pede encarecidamente à clientela, jovem, adulta ou idosa: “Use máscara, o senhor tem máscara? Sem ela, não…

Leia Mais
Inscrições para contratação temporária da Caerd vão até a próxima quinta-feira

Estão abertas as inscrições para os interessados em compor o quadro de funcionários da Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia (Caerd). O Edital nº 01/2020, de contratação temporária em caráter emergencial prevê 160 vagas…

Leia Mais
Dívida com a União é suspensa e recurso será utilizado no combate ao coronavírus em RO

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) obteve decisão favorável junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) no pedido de suspensão, por 180 (cento de oitenta) dias, da dívida que Rondônia possui com a União, objetivando destinar…

Leia Mais
Zonas críticas de malária em Rondônia receberão mosquiteiros com inseticida de longa duração

O Ministério da Saúde enviará nos próximos dias a Rondônia mais um carregamento de mosquiteiros impregnados (possuem inseticida de longa duração – Mild, por recomendação da Organização Mundial de Saúde – OMS) para distribuição em…

Leia Mais
Regional do DER na Zona da Mata executa serviços de manutenção da RO-491 em Santa Luzia

As regionais do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) estão dando continuidade em suas atividades de manutenção das vias sob responsabilidade do governo do Estado. Com uma malha viária de 692…

Leia Mais
Aeronaves do Corpo de Bombeiros e Base Aérea trazem nova remessa de 60 mil máscaras de proteção

Em menos de 24 horas após ter recebido a remessa de 16 mil máscaras de proteção NR95, o Governo de Rondônia adquiriu mais 60 mil unidades de máscaras do mesmo modelo, equipamento de proteção individual…

Leia Mais