×

Em vigor, defeso proíbe pesca de espécies como dourada, jatuarana, filhote e outros

Em vigor, defeso proíbe pesca de espécies como dourada, jatuarana, filhote e outros

Está proibida a pesca da dourada, filhote, jatuarana e de outras espécies de características reprodutivas semelhantes - Foto: Secom/Governo-RO

Já está proibida desde dia o 15 último e vai até 15 de março do próximo ano, a pesca da dourada, filhote, jatuarana e de outras espécies de características reprodutivas semelhantes, segundo informou na terça-feira (19) a mestra zootecnista Lariessa Soares, gerente de Pesca da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

Segundo ela, esta é uma providência legal e fundamental do Governo de Rondônia, que estabelece o período de defeso com a proibição da pesca durante a fase de reprodução natural dos peixes, com períodos distintos para espécies diferentes. A proibição da pesca dessas espécies que incluem também o surubim, caparari, pirapitinga e a pescada atende à norma prevista na Portaria 428/2018/ GAB/Sedam, que regulamenta dispositivo da Constituição Estadual (art. 219) sobre o tema.

A zootecnista da Sedam lembrou que esta é apenas uma das fases de proibição da pesca para algumas espécies, visto que para outras como o tambaqui e pirarucu, o período de defeso começou dia 1º de outubro para o primeiro e 1º de novembro para o segundo, indo até o final dos meses de março e abril respectivamente, sempre com proibição e fiscalização exemplar e com apelo à população para que não compre peixe ilegal, e exija o certificado de origem ao comerciante. “Só assim conseguiremos manter o estoque para reprodução”, disse a professora Lariessa Soares, destacando que essas são espécies mais sensíveis e que o Estado faz grande esforço para sua preservação.

Publicidade

Ela explicou que a relação de espécies que precisam ser preservadas poderia ser bem maior se fossem realizados estudos mais aprofundados sobre elas, com identificação, manejo, períodos e estratégias de reprodução. Segundo sua explicação, já é possível notar uma diminuição considerável dos estoques pesqueiros e de algumas espécies em especial, como a dourada, por exemplo, e por isso, a necessidade da recomposição natural desse conjunto de espécies (ictiofauna) e do respeito à piracema, que é o processo de migração dos peixes para as cabeceiras dos rios para desova e reprodução, conforme justificativa da Portaria do Defeso.

Em vigor, defeso proíbe pesca de espécies como dourada, jatuarana, filhote e outros - correio de rondônia

O folheto da Sedam detalha as datas do período de defeso para as principais espécies de peixes – Foto: Secom/Governo-RO

Dessa forma, de acordo com os termos da Portaria 428/2018, com exceção das espécies conhecidas como piranha, piau, pirarara, traíra, cuiucuiu, cubiu, branquinha, bodó, pacu, jaú, acará e jaraqui, fica proibida de 15 de novembro a 15 de março, a pesca em todos os rios do território rondoniense, medida que é dada a conhecer à sociedade por meio de campanhas publicitárias, folhetos e folderes, tudo pela preservação, conforme indica a Sedam.

Por outro lado, podem os pescadores, profissionais, artesanais e amadores, pescar e transportar, obedecendo ao limite de captura e transportes (art. 4º, I), “… até cinco quilos (5 kg) de peixe ou um exemplar, por semana, para os pescadores profissionais artesanais e amadores, inclusive na modalidade pesque e solte, devidamente licenciados e àqueles dispensados de licença na forma do artigo 29 do Decreto-Lei nº 221, de 28 de fevereiro de 1967, com redação dada pelas Leis nº 6.585, de 24 de outubro de 1978, sendo vedada a sua comercialização”.

Nos mesmos termos também é facultada a pesca de até 5 kg (cinco quilos) de peixe ou um exemplar, por dia, a título de subsistência (para alimentação da família), para as populações ribeirinhas, com proibição plena da comercialização.

Ver comentários

Continue Lendo...

Manutenção da rodovia que liga Rolim de Moura a Alta Floresta chega à fase final

Mesmo com a intensidade das chuvas na Zona da Mata, o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER-RO) segue firme nos trabalhos de manutenção de rodovias, cumprindo a determinação do governador de…

Leia Mais
Participação feminina na política será tema de evento realizado pelos progressistas em Porto Velho

Encontro Fortalecendo o Futuro acontece no próximo sábado (14) e busca conscientizar as mulheres sobre seu papel na sociedade.

Leia Mais
Idaron destrói 440 sacas de sementes ilegais que foram apreendidas na divisa de Rondônia com Mato Grosso

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) destruiu, no último dia 3, mais de 440 sacas com quase nove toneladas (8.800 Kg) de sementes ilegais de pastagens durante operação realizada no posto de…

Leia Mais
Lei estabelece bem-estar animal em atividades esportivas

O governo de Rondônia sancionou a lei N° 4.663, de 28 de novembro de 2019, que dispõe sobre normas e critérios que assegurem o bem-estar dos animais, quando utilizados em práticas desportivas consideradas manifestações culturais,…

Leia Mais
Primeiro concurso de queijo será realizado pelo governo em maio

A Secretaria de Estado da Agricultura se prepara para a realização do primeiro concurso de queijo realizado pelo governo de Rondônia, o ConQueijo, previsto para acontecer na 3ª Rondoleite, em maio de 2020, durante a…

Leia Mais
Obra do Parque da Baixada chega em fase de conclusão

Fiscalizada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER-RO), mais uma obra para atender à população com lazer e qualidade de vida encontra-se em fase de conclusão e, desta vez, Jaru é…

Leia Mais