×

Obra de ampliação da estação de tratamento de esgoto está em fase final

Obra de ampliação da estação de tratamento de esgoto está em fase final

Equipe técnica da Sugesp fez averiguação da obra - Foto: Marcela Alves - Secom/Governo-RO

O superintendente de Gestão dos Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), coronel Carlos Lopes, esteve averiguando a obra em construção de Ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Palácio Rio Madeira (PRM), que está em fase final, com previsão de entrega para início de julho. A estação irá evitar o lançamento de esgoto bruto na rede de água pluvial, visto que a cidade não tem um sistema de tratamento de esgoto que atenda o complexo administrativo estadual.

A obra é desempenhada pela Coordenadoria de Núcleos Administrativos (Conad) da Sugesp e tem o compromisso com a sustentabilidade e respeito ao meio ambiente. “Estamos falando de prevenção de doença, proteção do meio ambiente, melhoria da qualidade de vida. O Palácio Rio Madeira tem um grande fluxo de pessoas, além dos servidores, temos também o público externo, o que aumenta de forma relevante o volume de efluentes. Essa obra é um ato de responsabilidade com a saúde humana, com a vida”, explica o superintendente.

O tratamento de esgoto aumenta a qualidade de vida da população e esta ampliação visa atender uma demanda de tratamento de 650 m³ por dia de efluente, com eficiência de mais de 90%. “A obra conta com uma tecnologia voltada para garantir o tratamento, utilizando equipamentos de ponta, como o Sistema de Gradeamento; Estação Elevatória; Reatores UASB – Upflow Anaerobic Sludge Blanket – é um reator anaeróbio de fluxo ascendente de alta eficiência; Filtro Aerado Submerso (FAZ); Decantador Secundário Lamelar (DSL); Sopradores de ar; Queimador de Gás; Calha Parshall com Sensor; Painel automático e outros”, esclarece o engenheiro civil e fiscal da obra, José Augusto da Rosa Júnior.

Publicidade

De acordo com o coordenador do Conad, o sargento bombeiro militar e engenheiro civil, Fábio Bentos, a disposição adequada dos esgotos é essencial para a proteção da saúde pública, pois a falta de tratamento dos esgotos e condições adequadas de saneamento podem contribuir para a proliferação de inúmeras doenças parasitárias e infecciosas, além da degradação do corpo da água.

As estações de tratamento de esgoto, são fundamentais para garantir que água que é utilizada para lavar as mãos, tomar banho e usada na descarga no vaso sanitário, retornem para a natureza despoluídas, contribuindo com a prevenção de doenças, a promoção da saúde e a melhora da qualidade de vida da comunidade.

Além do superintendente da Sugesp, também estiveram na verificação da obra o corpo técnico responsável, o coordenador do Conad, o sargento e engenheiro civil, Fábio Bentos, engenheiro civil e fiscal da obra, José Augusto da Rosa Júnior e o engenheiro eletricista e fiscal, Josias Moreira Domingues Júnior.

Ver comentários

Continue Lendo...

Taxa de ocupação de UTIs cai para 84,6% com abertura de novos leitos em RO

Informação foi repassada pela Sesau em entrevista coletiva nesta sexta-feira (3).

Leia Mais
Governo de Rondônia alinha com Legislativo e Município avanços na reforma do aeroporto de Cacoal

As obras de ampliação do Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, uma referência dentro do estado de Rondônia contemplando demandas de 16 municípios, foi o tema principal da reunião realizada através de videoconferência, com a…

Leia Mais
Artesãos de Rondônia podem utilizar plataforma online para anunciar produtos e serviços a custo zero

Os artesãos do estado de Rondônia podem utilizar a plataforma digital Mercado Azul, para divulgação dos trabalhos. O site é uma alternativa para que os artesãos e empreendedores anunciem os produtos e serviços a custo…

Leia Mais
Parecis tem apenas um caso confirmado de Covid-19 em mais de 90 dias

Desde que iniciou o processo de enfrentamento à Covid-19 em Rondônia, somaram mais de 90 dias sem que o município de Parecis – que fica na região centro-sul de Rondônia – registrasse um único caso…

Leia Mais
2ª parcela do Cartão Alimentação é liberada aos estudantes

Mais de 47 mil famílias receberam o benefício no valor de R$ 75.

Leia Mais
Rondônia tem quase 22 mil diagnósticos de Covid-19

Porto Velho segue sendo a cidade com maior número de infectados.

Leia Mais