×

Forças Armadas atenderão indígenas no Pará contra a covid-19

Grupo leva mais de 31 mil itens de suprimentos e medicamentos.

Forças Armadas atenderão indígenas no Pará contra a covid-19

Foto: © TV Brasil

O Ministério da Defesa enviará 26 profissionais de saúde das Forças Armadas entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para uma missão de enfrentamento à covid-19. O grupo embarca na Base Aérea de Brasília ao meio-dia desta segunda-feira (23) rumo a aldeias do noroeste do Pará. ebc - Forças Armadas atenderão indígenas no Pará contra a covid-19ebc - Forças Armadas atenderão indígenas no Pará contra a covid-19

Serão atendidas 11 etnias na região, em 21 aldeias dispersas entre a Bacia do Rio Trombetas até às proximidades das fronteiras do Brasil com a Guiana e Suriname. A equipe também conta com veterinários que farão o controle de zoonoses nas aldeias.

Insumos

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) levará mais de 31 mil itens de suprimentos entre medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPI) para apoiar os profissionais de saúde que atuam na região.

continua após a Publicidade

A população indígena do Polo Base Oriximiná é a segunda maior do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) com 2,4 mil indígenas. “As aldeias estão em meio à selva amazônica, em locais de difícil acesso, onde só é possível chegar de helicóptero ou avião. Em alguns locais, o acesso fluvial só é possível durante o período de cheia dos rios, com viagens que podem durar até quatro dias de barco”, explicou o Ministério da Saúde.

Cuidados

Os atendimentos serão realizados nas Unidades Básicas de Saúde Indígena, escolas indígenas e em tendas montadas pelas Forças Armadas. A triagem dos pacientes está sendo realizada pela Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena do Distrito Sanitário Especial Indígena Guamá-Tocantins (Dsei Guatoc), que atua periodicamente na região.

Para proteger os indígenas da contaminação pela covid-19, todos os profissionais e integrantes da missão passaram por triagem médica e somente embarcam com apresentação do teste RT- PCR negativo para covid-19. Os atendimentos serão realizados com o uso obrigatório de equipamento de proteção individual.

Na área do Polo Base de Oriximiná habitam os povos das etnias Kahyana, Kaxuyana, Hixkaryana, Tiriyó, Txikiyana, Tunayana, Xerew e Wai-wai dispersos em aldeias das Terras Indígenas Nhamundá-Mapuera, Trombetas-Mapuera e Kaxuyana-Tunayana.

Ver comentários

Continue Lendo...

Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas

Caminho até a imunização massiva ainda é longo, alerta especialista.

Leia Mais
Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação

Ministério já fez alerta em nota e nas redes sociais oficiais.

Leia Mais
Aviões da FAB iniciam distribuição de vacinas aos estados

Serão distribuídos 6 milhões de doses da CoronaVac.

Leia Mais
Manaus vai transferir 235 pacientes com covid-19 para 7 estados e DF

Primeiro grupo foi transferido na manhã de hoje para Teresina.

Leia Mais
Amazonas decreta toque de recolher devido à covid-19

Com hospitais lotados, pacientes são transferidos para outros estados.

Leia Mais
Covid-19: nove capitais abrem 2021 com mais de 80% de UTIs ocupadas

Índice é considerado zona de alerta crítica pela Fiocruz.

Leia Mais